Pai e empresário de Cristiano Araújo brigam por senhas bancárias de cantor

0
170

Site diz que pai e empresário de cantor sertanejo morto estão em pé de guerra

E a morte do cantor Cristiano Araújo continua repercutindo quase uma semana após o seu falecimento. Dessa vez, uma suposta briga entre a família do sertanejo e os empresários do cantor foi destaque do site TV Foco. De acordo com a publicação, o pai do famoso, João Reis, e um dos empresários, Vitor Leonardo, chegaram a discutir até por conta de senhas bancárias de Cristiano. A história foi contada por uma das tias do sertanejo, Divina de Mello, que revelou que a família já havia tido discussões sobre a ganância da equipe de Araújo querer visar apenas o lucro.

A morte recente de Cristiano Araújo serviu como combustível para fazer a relação das duas partes pegar fogo. Divina fala sobre as divergências entre a família e chega a dizer que Vitor Leonardo achou que era o pai de Cristiano. Segundo a tia do cantor, Araújo sempre teve muito medo de morrer em um acidente e chegou a dizer isso diversas vezes. “Ele mandava mensagens para a família, principalmente para a mãe dizendo que estava muito cansado, mas que tinha novos shows. Os empresários acabavam convencendo que ele estava no grande momento de sua carreira e que era preciso aproveitar. Só queriam mais e mais dinheiro”, desabafou Divina.

A tia de Cristiano Araújo disse que o cantor era tratado como máquina e que esqueciam que ele era um ser humano. A parente do famoso ainda alegou que o carro que vitimou o sobrinho e sua namorada, Allana, precisava passar por uma manutenção a cada 15 dias, mas que isso não estava sendo feito para poupar tempo. Divina revelou que logo após a morte do sertanejo, o pai do cantor se desentendeu com Vitor Leonardo.

“O Vitor quis bancar o papel que era do pai dele e proibiu que qualquer pessoa entrasse na mansão. Mas o João, o pai, já foi lá e recuperou todas as senhas, das contas bancárias e internet do filho. Ele também pegou algumas roupas do Cristiano. O João, por sua vez, ficou muito irritado com isso e gritou dizendo que ninguém mais ia pôr os pés lá”, revela a tia do sertanejo. Divina disse ainda que o empresário tinha um salário de R$ 40 mil por mês.

Fonte: 180graus

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. O Toqueto.com não se responsabiliza pelas opiniões pessoais de seus leitores.

Comentários