Mudanças nos seios dão o alerta para problemas de saúde

0
280

Outubro chegou e trouxe consigo mais uma edição do Outubro Rosa, maior campanha mundial de conscientização e combate ao câncer de mama, responsável pela morte de muitas mulheres no mundo.

É nesta época que os principais monumentos espalhados pelo mundo se vestem de rosa, a cor da campanha, lembrando da importância do diagnóstico precoce através do auto-exame.

 

Para vestir a camisa, as mulheres devem estar atentas às possíveis mudanças que ocorrem nos seios, decorrentes ou não de problemas de saúde. Para ajudá-la, destacamos as principais. Fique alerta e não se esqueça de ir ao médico regularmente.
Atenção redobrada
Veias: veias nos seios é sinal de que a pele é muito clarinha, aumentando as chances de câncer de pele quando exposta ao sol.

Bolinhas: geralmente significa o final dos ductos que levam o leite ao bebê durante a amamentação. Entretanto, caso sejam vermelhas e semelhantes a pequenos machucados que não cicatrizam, pode ser sinal de doença de Paget, um tipo de tumor localizado atrás do mamilo.

Seios encaroçados e doloridos: pode indicar o início do ciclo menstrual. Porém, se as alterações não passarem logo após o período, vá ao médico.

Irritação: pode indicar alergia ao sutiã com barbatana por causa do níquel presente na estrutura metálica, ou reação à produtos.
Seios maiores: pode indicar ganho de peso, pois as mamas são compostas de glândulas mamárias e gordura. Pode ocorrer alteração no tamanho durante o período menstrual também devido a alteração hormonal, afetando as glândulas mamárias. E, ainda, durante a gravidez,

Seios menores: perda de peso, deixando-os flácidos, assim como ao final do ciclo menstrual, quando os hormônios se acalmam e os seios voltam ao seu tamanho normal.

Um seio maior que o outro: como nosso corpo não é simétrico, algumas mulheres têm um seio ligeiramente maior que o outro. Porém, o problema também pode indicar câncer de mama, alterando o formato de uma das mamas devido a presença de um tumor.

Estrias: indica ganho e perda de peso.

Mamilos escuros: provocado pela pigmentação da pele de cada mulher.


Caroço: pode indicar um cisto benigno ou um tumor canceroso.

Coceira: pode ser sintoma de alergia à produtos de limpeza ou material de confecção do sutiã, como também indicar mudanças hormonais durante a menstruação ou doença de Paget.

Leite: a saída de um líquido branco dos mamilos quando excitadas ou estimuladas é normal devido à função de levar líquido ao exterior. Também pode ser indício do consumo de medicamentos antidepressivos ou antipsicóticos, que aumentam os níveis de prolactina, hormônio que estimula a produção do leite.

Secreção com sangue: quando as células cancerígenas se alojam nos ductos mamários, estruturas responsáveis por levar o leite para fora durante a amamentação.

Mamilos retraídos: pode ser um tumor alojado atrás do mamilo ou não, pois há mulheres com mamilos invertido.

Laranja: pode indicar câncer de mama. Então, se a pele mudou de aspecto e ao tocar você observar mudanças, vá ao médico.

Todo o conteúdo exposto por comentários nas matérias deste site é de responsabilidade de seus respectivos autores. O Toqueto.com não se responsabiliza pelas opiniões pessoais de seus leitores.

Comentários