Formandos realizam festa sem a empresa Deumar Eventos & Floricultura em menos de 48 horas após o calote.
Às vésperas da festa de formatura no último sábado (26), as turmas de Ciências Contábeis e Pedagogia da faculdade Anhaguera-Uniderp, polo de Grajaú, foram surpreendidas com a informação de que a empresa Deumar Eventos & Floricultura da cidade de Estreito, contratada para gerenciar a festa de formatura, abandonou os serviços depois de receber quase o valor total: R$ 20 mil.

Tudo começou quando a empresa deixou de oferecer os serviços na festa da turma de Administração de empresas realizada no sábado (19) no Clube dos Fazendeiros.

“Quando soubemos do que houve na festa da turma de Administração, ficamos preocupados, e logo tentamos contato por telefone com o Deumar, mas ele não atendeu, somente por mensagens pelas redes sociais e garantiu que a festa ia aconecer, fato que não se concretizou; ele nos enganou até quinta-feira (24), data que haveria uma reunião com ele, mas o mesmo não compareceu e não deu nenhuma satisfação”, disse Roniel Pereira de Sousa, líder da turma de Ciências Contábeis.

A comissão de formatura disse que há três anos está programando as comemorações e que só contratou a empresa porque houve várias indicações, inclusive da turma de Administração que também foi enganada. Para garantir a festa em menos de 48 horas, muita gente se mobilizou até mesmo alguns fornecedores que não mediram esforços para o evento acontecer.
Segundo Roniel, além do prejuízo, três formandos de Ciências Contábeis desistiram da festa, depois dos últimos acontecimentos.

Ainda não há informações sobre o paradeiro de Deumar Carlos Macêdo Filho, proprietário da empresa que deve ser investigado pelo crime de estelionato. A pena prevista para esses casos é de um a cinco anos de prisão.

Turma de Administração

Os 30 formandos entraram na justiça contra a empresa Deumar Eventos & Floricultura localizada na Avenida Maranhão, no centro do município de Estreito; o grupo teve sua noite de sonhos transformada em um grande pesadelo; além de servidos com cerveja quente, faltou os uísques para cada mesa, água suficiente para os convidados, comidas e até o café da manhã, serviços contratos no valor de R$ 62 mil.

A tristeza e a decepção dos formandos marcou a noite do sábado (19) no Clube dos Fazendeiros, que nem um dos melhores cantores da música sertaneja de Imperatriz-MA, Juliano Reis, levantou o ânimo dos presentes.

Para completar e coroar a festa, Deumar Carlos foi embora devendo todos os fornecedores que prestaram serviço na festa, entre eles a Distribuidora de Bebidas Mateus; o proprietário acionou a polícia, que apreendeu os acessórios de decoração da empresa.

Informações da empresa de Deumar

deumar-eventos

Fonte: Jornal Grajaú de Fato

Comentários

Atenção! Os comentários do TOQUETO.COM são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
COMPARTILHAR